terça-feira, 24 de novembro de 2015

Embalando o coração...

Como é bom pertencer a um Deus que traz calmaria, paz e amor...
Como é bom compartilhar a vida a dois tendo Jesus como ponte, elo e união...
E Ele tem sido a canção que embala nossas certezas, sorrisos e caminhos...
Que ele SEJA em nós, e que sejamos Nele... :)


O Bilhete e o Trovão (Os Arrais)

No silêncio, na calmaria que antecede a dor
No escuro, na pausa entre
A chuva e o primeiro trovão
Seja minha canção:
Estrofe, ponte e refrão.

Quando a porta recusa-se a abrir e eu bato em vão
Quando vejo de longe o trem partir
Com bilhete em minhas mãos
Seja minha canção:
Estrofe, ponte e refrão.

Quando o lápis resiste obedecer
E eu tento me impor
Quando o copo balança
Em minhas mãos eu temo compor
Seja minha canção:
Estrofe, ponte e refrão.

Seja minha canção:
O primeiro trovão
Seja minha canção:
Um bilhete em minhas mãos
Seja tudo que perdi
Seja o que está por vir.





quinta-feira, 19 de novembro de 2015

São Paulo, 19 de Novembro de 2015.


“Então Samuel tomou uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e lhe chamou Ebenézer, e disse: até aqui nos ajudou o Senhor”. 1 Samuel 7.12


[Por Jhonatan]

Bom é saber que até aqui nos ajudou o Senhor e que Ele continuará a caminhar conosco como fez durante todo este ano. E podemos dizer “Que Ano”!!!

Para nós, mais importante do que relembrar o que passou é reconhecer que a presença decisiva de Deus tem definido nossos próximos passos com segurança, fé e a certeza que Ele estará conosco por todo o caminho.

No último mês, Deus permitiu que viajássemos muito. Ana participou do Fórum de Curto Prazo da MIAF e teve sua primeira experiência no Norte da África. Desde menina sonhava em estar em um lugar como aquele e se sentiu em casa. Caminhou por ruas históricas onde a presença de cristãos é quase nula, sentindo a urgência da proclamação da salvação de Jesus entre os que ainda não o conhecem.



Visitamos também algumas comunidades ribeirinhas no Pantanal Brasileiro e Paraguaio, e apesar da considerável distância geográfica com o Norte da África existem desafios que se assemelham muito quando tratamos do Evangelho.

Sentimos-nos privilegiados em participar de atividades com crianças indígenas, na capacitação de professores locais, atividades desportivas, cinema para a comunidade, distribuição de doações e materiais escolares.

Presenciamos o batismo de dez mulheres que há algum tempo esperavam a visita de um pastor para que pudessem professar sua fé e serem batizadas.


Continuamos compartilhando sobre o “Projeto Povo Mwani”, pois nossa saída se aproxima. Precisamos levantar mais parceiros que estejam conosco tanto espiritual, como financeiramente. Com a alta do dólar tivemos uma baixa em nossa arrecadação e este ano é definitivo para que estes valores sejam alcançados.

Se você gostaria de considerar em ser um de nossos parceiros no sustento do nosso ministério, acesse o link abaixo ou entre em contato conosco.


Obrigado pela parceria durante todo o ano de 2015!! Que Deus possa abençoar você e seus queridos, e que o menino Rei esteja presente nos lembrando de que ainda existem povos que não podem celebrar o Cristo Vivo.

Um Feliz Natal e um Ano Novo repleto da presença Dele!!

Em Cristo, Jhonatan e Ana Elisa

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Povo Mwani, aí vamos nós!


Sempre fiz questão de pregar o evangelho onde Cristo ainda não era conhecido (...) mas antes, como está escrito: ‘Hão de vê-lo aqueles que não tinham ouvido falar dele, e o entenderão aqueles que não o haviam escutado’”. Rm. 15:20 e 21

É com grande alegria que escrevemos a vocês, amigos e amigas de caminhada missionária!!
Depois de alguns momentos de oração e petições no altar do Senhor, de acertos e erros, choros e ansiedade, sonhos e sorrisos vislumbrando o novo, reuniões e planejamentos, enfim chegou a boa notícia: definimos o povo o qual dedicaremos os próximos anos da nossa vida a partir de Janeiro de 2017.
A decisão de servir ao Senhor e dedicar nossas vidas ao ministério da proclamação do nome de Jesus a povos não alcançados nos faz privilegiados. Sentimo-nos imensamente gratos e honrados por termos convicção e paz de seguir adiante, servindo ao Deus da nossa salvação.
Assim, o Povo Mwani, um povo não alcançado que vive na região costeira do norte de Moçambique voltará a fazer parte do nosso dia a dia, agora como família. Que alegria!!!
Este povo tem suas raízes no Islamismo, uma religião que misturada a práticas sincréticas traz à sua realidade diária, feiticeiros e curandeiros, que delimitam o seu modo de comer, se vestir, interagir com o social e o espiritual, afastando-os da realidade de paz e amor que só Jesus pode dar.
Nosso papel enquanto liderança de um time de missionários e missionárias brasileiros na cidade de Pemba/Moçambique será aprender a língua local, criar relacionamentos em diversos setores da comunidade, estabelecer parcerias e estratégias com algumas igrejas locais já presentes ali (mas que são pertencentes a outra tribo e língua: o Povo Makua), no desenvolvimento de atividades e projetos que visem o alcance do Povo Mwani.
Nos meses que virão intensificaremos nossas atividades e viagens começando a divulgar nosso futuro projeto como família, nos preparando economicamente, espiritualmente e emocionalmente para este processo de transição que já se iniciou em nosso coração.
Alegre-se com a gente!! Suas orações, ofertas e carinho irão conosco!! Com certeza vocês farão parte do que Deus realizará através das nossas vidas, que estarão humildemente no Seu altar, clamando por salvação e graça para o Povo Mwani.

Com carinho e muita gratidão,
Ana e Jhonatan

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Prosseguindo com alegria e gratidão pelos 
desafios que virão!! :)



segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Viagem Missionária - Pendão Real II


São Paulo, 17 de Agosto de 2015.

“Bom é louvar ao SENHOR, e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo;
Para de manhã anunciar a tua benignidade, e todas as noites a tua fidelidade.” 
Salmos 92:1 e 2

No dia 31 de Julho comemoramos mais um aniversário de nossa igreja, a Igreja Presbiteriana Independente do Brasil, e sentimos uma satisfação enorme em ser parte desta rica história. Deus tem sido bondoso e fiel com a nossa igreja, e somos infinitamente gratos a Ele por isso.
Muitas vezes ouvimos falar dos vários braços e campos missionários em que nossa igreja atua, porém vivemos uma realidade um quanto distantes deles.
No último mês, tivemos a oportunidade de conhecer um dos projetos de nossa denominação, o barco Pendão Real II. Este projeto tem percorrido por anos, comunidades ribeirinhas da região amazônica com o intuito de levar o evangelho transformador que muda a qualidade de vida das pessoas por meio de um conhecimento real da pessoa de Jesus Cristo. Segundo o Reverendo Ronaldo Lidório, a comunidade ribeirinha configura-se como um povo não alcançado dentro de nosso território, e por isto este projeto faz-se tão relevante.
Estar envolvidos na visitação destas comunidades, entrar de casa em casa sendo recebidos com sorrisos de satisfação, saber de histórias de conversões, de vidas que literalmente foram salvas da morte física em diversas oportunidades, visitar alunos e seus professores em uma escola sustentada por palafitas, testemunhar uma mulher atravessar o rio Amazonas juntamente com seus filhos pequenos em uma “voadeira” (espécie de barco local) para tirar dúvidas de uma lição de discipulado à luz de lanternas, só é possível por meio da credibilidade ganha ao longo dos anos, por missionários que dedicaram e tem dedicado suas vidas àquele povo.
Nós, que vivemos num contexto totalmente urbano, muitas vezes não nos damos conta do alto custo, pago dia a dia, por pessoas que estão em contextos tão carentes e de difícil acesso viverem uma vida sólida com Deus.
Assim, pedimos a Deus que continue colocando em nossos corações e no coração de cada um de vocês o ardor pelos povos não alcançados ao redor do mundo, por àqueles que precisam conhecer a integralidade do Cristo Jesus e a paz que só Ele pode oferecer.
Celebramos nosso aniversário felizes pelo que já temos feito e desejosos em realizar ainda muito mais. Que olhemos para o passado como aprendizado, para o presente com gratidão e para o futuro pautados nas promessas de um Deus missionário.
No amor que nos une,
Jhonatan e Ana





quarta-feira, 8 de julho de 2015

Mais sobre ele e eu... :)

                                                        São Paulo, 06 de Julho 2015.

Queridas igrejas parceiras, mantenedores e amigos (as),

É com muita alegria que escrevemos mais uma carta sobre os nossos dias e o nosso ministério.

Nossa caminhada de oração para a definição do nosso campo de trabalho ainda continua. Já estamos perto de podermos divulgar a todos o país e o povo africano não alcançado que trabalharemos nos próximos anos, e já gostaríamos de agradecer a todos que tem caminhado conosco nesta jornada rumo aos perdidos.
        
         Este mês tivemos o privilégio de visitarmos as nossas igrejas locais: a IPI de Marília e a IPI de Dourados, onde estivemos com as nossas famílias e amigos, participamos dos cultos congregacionais, e também em reuniões com nossos pastores e mentores. É muito bom percebermos a fidelidade de Deus aos nossos queridos, às nossas igrejas e seus membros. Somos abençoados em sermos parte de igrejas que tem proclamado o Reino de Deus em suas cidades e se envolvido com a obra missionária.



Este mês ainda teremos dois grandes desafios como família:

O primeiro será uma prova que a Ana realizará como etapa no seu processo de validação junto à IPI do Brasil, visando uma futura ordenação junto à nossa denominação como pastora.

O segundo desafio será uma viagem rumo aos ribeirinhos no Rio Amazonas. Como casal, vamos liderar uma equipe que auxiliará o barco Pendão Real II, da IPI do Brasil, na região de Manaus no atendimento a mais de 50 famílias, nas áreas de saúde, e também nas áreas espiritual e social.

Na sua infinita graça e bondade Deus continua nos preparando para o campo missionário, nos levando a igrejas para o despertamento em missões e nos moldando à sua vontade com a sua presença constante, gentil e desafiadora.

Pedimos que os irmãos e irmãs continuem a orar por nós:

·         Para que a definição de onde iremos dedicar nossas vidas nos próximos anos seja confirmado por Deus com clareza e paz em nossos corações;

·         Por nossas igrejas locais, seus líderes e membros;

·         Pela prova que a Ana realizará. Que Deus a capacite de forma sobrenatural;

·         Pela viagem que faremos ao norte do país. Que sejamos os pés e as mãos de Jesus abençoando aquelas famílias e que seu Reino seja proclamado;
     
     Que o Senhor nosso Deus continue com todos vocês. Mais uma vez obrigado por estarem conosco!

Ana e Jhonatan

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Mais sobre nós... :)


[Por Ana]

São Paulo, 06 de Abril de 2015.

“Tu conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque confia em Ti.” Isaías 26:3

No último mês estivemos mais intensamente, como família, envolvidos em um tempo de oração específico sobre o nosso futuro: qual o povo não alcançado iremos trabalhar e em qual país da África iremos dedicar nossos próximos anos.

Parar tudo, se debruçar no colo do nosso Deus, pedir direcionamento, buscar Nele os passos e decisões a serem tomadas é um privilégio que somente seus Filhos entendem...

Ter um Pai de amor e compaixão pronto a ouvir nossos sonhos, desejos, temores, angústias e esperanças é algo surpreendente. A paz que excede todo entendimento preenchendo o coração, o discernimento sendo obtido pela confiança que podemos ter ao seguir um caminho que é seguro pelo simples fato Dele nunca nos desamparar, de nos acompanhar em cada trecho, em casa curva, a sobrepor os desafios de um solo arenoso e rochoso por vezes, e de nos desafogar nas lamas dos problemas e aflições.

Ter Jesus nos segurando pela mão e caminhando conosco em cada nova pegada enche o nosso coração de descanso e confiança. Seus braços são fortes, sua mão nos segura com firmeza, sua presença é marcante e constante, sua justiça endireita e foca o nosso olhar, e sua paz nos faz caminhar além.

Para que tal definição aconteça, muitos documentos devem ser aprovados, outras reuniões travadas com o campo, e enquanto isso esperamos confiantes de que Deus nos dará a resposta certa, no tempo certo.

Convidamos você a se juntar nesta caminhada de oração conosco. Precisamos das suas orações mais do que qualquer outra coisa. Pois o sustento espiritual é o que nos tem feito perseverar em nossa caminhada missionária.


O nosso desejo é servir a Deus com toda a nossa força, com todos os nossos talentos e chamado, e temos a certeza que Ele nos direcionará para o país e povo que Ele desejar.

Mais uma vez obrigado pelas orações, carinho e cuidado com o nosso ministério.

Que o Deus da paz, encha o coração de cada um de vocês com perseverança e fé.

No amor que nos une,

Ana e Jhonatan

  

quinta-feira, 19 de março de 2015

Parabéns pra ele! :)

Parabéns para aquele que ganhou meu coração pra sempre!!! 

Que o nosso Deus missionário continue guiando sua vida e coração para o serviço do Seu Reino. 

Te amo, meu amor! :)








sexta-feira, 13 de março de 2015

Sorrisos e música...

Esses dias, marido e eu tivemos a grata surpresa de descobrirmos a música abaixo, que aqueceu a nossa alma, instigou o nosso paladar musical e nos fez sorrir, ao percebermos o privilégio de sermos Dele, de termos sido alcançados por esse amor que nos constrange e nos faz seguir adiante, rumo à proclamação de um Reino de amor e esperança aos não alcançados...

Fez o nosso coração missionário se aquecer de um aconchego que só o seu Espírito pode nos proporcionar, a sonhar ainda mais com os dias futuros onde estaremos efetivamente pisando em terras longínquas proclamando um Reino de paz, de justiça e de amor...

"Pois Ele é a voz que fala ao coração sobre esperança e um futuro além do que se pode ver..."


https://www.youtube.com/watch?v=HUaK0LH6UgI

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Mais notícias nossas... :)

                                                          São Paulo, 12 de fevereiro de 2015.


“Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.” Salmos 90:12

                                                                                                                                    [Por Ana]

O ano, mais uma vez, começou em um ritmo frenético. Já estamos quase em março e os dias continuam seguindo sem nos dar trégua ou descanso nas horas que parecem sumir pelos vãos de nossos dedos.
Não é tarefa fácil administrarmos o nosso tempo, dividindo-o entre a nossa vida profissional, familiar e espiritual. E quase sempre a exaustão bate à porta juntamente com a culpa de ter feito de mais, ou de menos.
Saber dividir nossa atenção entre o cônjuge, os filhos, os netos, os amigos, entre as demandas do trabalho, do ministério na igreja, e outras tantas tarefas acumuladas ao longo do dia, tem nos levado, a como o salmista, nos achegar ao trono da graça do nosso Deus e clamar para que Ele nos ensine a contar os nossos dias. É com a sua graciosa ajuda que conseguimos medir nossas tarefas, nossas prioridades, nossos desejos e nossos descansos.
Jhonatan e eu, que vivemos integralmente a serviço do Reino, temos pedido diariamente que alcancemos coração sábio à medida que aprendemos de Deus, a viver nossa vida diária pautados na alegria e no prazer em servi-lo.
Seguimos trabalhando, estudando, agendando igrejas a serem visitadas ao longo do ano, mobilizando outros tantos para seguirem uma vida de privilégio rumo a alcançar os não alcançados. Seguimos com o objetivo de treinar, auxiliar no envio, a despertar pessoas, projetos, famílias e igrejas para o engajamento missionário.


E com uma surpresa boa: já começamos vislumbrar algumas oportunidades de ministério no norte do continente africano onde seguiremos como família em 2017. Assim, temos focados nossos estudos, esforços, economias, contatos com igrejas e mantenedores, para que tudo esteja pronto para seguirmos para o campo missionário em 1 ano e 10 meses!!
Pedimos assim a vocês, queridos irmãos e irmãs, que continuem conosco pelo ano de 2015: orando pelo nosso ministério, pela nossa saúde, pelos nossos estudos, pelo nosso casamento e desejo de sermos papai e mamãe, pelas mobilizações missionárias que estaremos envolvidos, e para que alcancemos coração sábio perante o nosso Deus.
Muito obrigado pelas orações e carinho ao longo destes anos com o nosso ministério.
No amor do nosso bom Deus,
Ana e Jhonatan